​Película de vidro x película tradicional. Qual a diferença?

Home / Mercado / ​Película de vidro x película tradicional. Qual a diferença?
In Mercado

Utilizamos nossos aparelhos celulares de forma constante: em casa, na rua, no trabalho e na escola. Logo, a chance de ocorrerem problemas com eles como quedas, riscos ou mesmo o acúmulo de sujeira, é bem grande. Não é à toa que muitas pessoas optam pelo uso das películas, já que a durabilidade dos aparelhos aumenta bastante com sua utilização.

A mais comum das películas é aquela de plástico, que você provavelmente conhece (e talvez até utilize no seu aparelho). Mas há uma outra que vem ganhando espaço no mercado e conquistando cada vez mais usuários: é a película de vidro. Você já ouviu falar?

Para conhecer melhor esses dois tipos e entender suas diferenças, confira o nosso comparativo!

Película tradicional

A película tradicional, de plástico, é feita de PET (Politereftalato de etileno), um material totalmente reciclável.

As películas PET são muito flexíveis e bem finas. Como são recicladas, apresentam um custo bem baixo, atingindo um grande público consumidor. Elas protegem a tela do celular de riscos leves e não altera o design do produto.

Por outro lado, a sua durabilidade é baixa, já que ela se danifica mais facilmente e precisa ser substituída com uma frequência maior. Além disso, no caso de quedas mais brutas ou riscos muito fortes, as chances de um dano no aparelho são grandes, pois a camada da película é bem fina.

Película de vidro

Caso você esteja procurando por uma película que proteja o seu aparelho de danos mais graves, a película de vidro pode ser uma ótima opção. A produção mais comum desse tipo de material é com o uso de vidro temperado, que preza pela resistência e transparência — dois quesitos para lá de importantes, não é mesmo?

Talvez você esteja pensando: mas colocar um produto de vidro na tela do meu celular não vai deixá-lo pesado e muito grosso? De forma alguma! Um dos aspectos mais interessantes dessa película é que ela tem espessura de apenas 0,3 cm, o que é próximo a espessura do papel. Apesar de ser tão fina, ela é três vezes mais resistente do que a película de plástico.

É interessante saber também que a película de vidro não compromete o touch da tela: não há perigo de o movimento agarrar ou se tornar menos sensível, o que seria um grande problema.

Porém, é preciso ficar atento, pois alguns modelos desse tipo de película podem tapar a câmera frontal de alguns aparelhos. Além dessa desvantagem, o preço desta película não é tão atrativo quanto a de plástico, já que oferece mais benefícios.

Mas, se você quer a melhor proteção para o seu celular, as de vidro são a melhor alternativa, mesmo custando um pouco mais. Como são relativamente novas no mercado, ainda devem se tornar conhecidas e conquistar um público bastante amplo.

Fonte: Blog Troca Fone

Recent Posts

Leave a Comment